Etiquetas

, , , , , , , , , , , , ,

[retirado e traduzido de: http://www.aquinasandmore.com/catholic-articles/monthly-dedications-of-the-church-year/article/184 ]

Cada mês do ano é dedicado a uma devoção particular na Fé Católica; a dedicação de cada mês é baseada em eventos históricos ou num aspecto particular do calendário litúrgico, ou ainda uma combinação de ambos. Essas devoções Católicas mensais não se alinham exatamente com o período do calendário litúrgico, já que eles são feitas mais pelos meses do calendário padrão em vez das estações da Igreja. Alguns países e lugares tem devoções mais específicas de sua área, mas as que se seguem são comuns entre todos, devoções católicas universais para cada mês do ano.

Devoção de Janeiro

Janeiro é o mês do Santíssimo Nome de Jesus. A festa do Santíssimo Nome originou-se no século XVI e era antigamente celebrada no segundo Domingo da Epifania. Foi removido do calendário em 1969, “já que a imposição do nome de Jesus já era comemorada no ofício das Oitavas de Natal.” (motu propri: Mysterii Paschalis, 1969). Foi restaurada e 2002 como uma memória opcional no primeiro dia livre depois de 1º de Janeiro.

A ladainha do Santíssimo Nome de Jesus oficial está incluída no livro A Prayerbook of Favorite Litanies. Há indulgências ligadas a devoção do Santíssimo Nome; cem dias para cada dia em que é feita, se for feita privadamente; trezentos, se a devoção é feita publicamente numa igreja ou capela.

Por causa das festas em Janeiro que pertencem a infância de Cristo, Janeiro também se tornou o mês dedicado a Santa Infância de Jesus.

Devoção de Fevereiro

Fevereiro é o mês dedicado a Sagrada Família. Embora o começo da Quaresma muda de acordo com o calendário civil, uma boa parte de Fevereiro nos dá um espaço de tempo entre as celebrações do Natal e do foco maior na vida pública e no ministério de Jesus, que ocorre na Quaresma. É a transição dos festejos do Natal para a abstinência e jejum da Quaresma. Por isso, fevereiro tradicionalmente se tornou um tempo para relembrar-se da Sagrada Família, porque foi dentro da Sagrada Família onde Jesus passou o tempo entre seu nascimento e sua jornada pública.

Devoção de Março

Março é o mês da devoção a São José, cuja festa cai em 19 de Março. A solenidade de São José data do fim do século XV; ao longo dos séculos seguintes, o mês inteiro de devoção a São José tornou-se parte da tradição.

Numa sociedade que parece desprezar a importância do matrimônio e da paternidade, São José, o esposo da Virgem e o homem que teve a responsabilidade de criar Jesus, é um incrível modelo de pai cristão, obediente e fiel.

Há indulgências ligadas a devoção a São José durante esse mês: trezentos dias para aqueles que privadamente ou publicamente realizarem uma prática piedosa em honra de São José, durante o mês, uma indulgência plenária em qualquer dia do mês nas condições ordinárias.

 

Devoção de Abril

O mês de Abril é dedicado a devoção a Eucaristia e a devoção ao Divino Espírito Santo. Esse tradição desenvolveu-se porque o Domingo de Páscoa normalmente cai em Abril, e quando cai em Março, a época da Páscoa continua em Abril. Em essência, Abril é o mês da Páscoa, e durante a celebração da Páscoa lembramo-nos do Sacrifício Eucarístico que Cristo nos deixou e o batismo do Espírito Santo, que viria depois de sua Ressurreição.

 

 

 

Devoção de Maio

Maio é o mês da Virgem Maria; a devoção a Mãe de Deus em Maio originou-se em Roma no século XVIII para conter a imoralidade e infidelidade entre os estudantes de uma faculdade local. Espalhou-se por quase toda a Igreja Latina. Por causa do feriado norte-americano de Dia das Mães em Maio, os católicos usam esse tempo para relembrar o papel de Maria Santíssima como Mãe. Portanto, a devoção a Virgem Maria no mês de Maio foca tanto no papel Dela como modelo para as mães cristãs, quanto em Sua perpétua castidade e pureza, e Sua fidelidade para com a vontade de Deus.

 

Devoção de Junho

Junho é o mês do Sagrado Coração de Jesus. Uma devoção por muito tempo praticada privadamente, foi oficialmente aprovada no século XVIII. A devoção ao Sagrado Coração encoraja a participação na Adoração a Eucaristia e a receber a Sagrada Comunhão na primeira sexta-feira de cada mês.

 

 

 

 

Devoção de Julho

Julho é dedicado ao Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor; a festa do Preciosíssimo Sangue é no primeiro Domingo do mês. O Padre Faber descreve porque nós honramos o Sangue de Cristo em The Precious Blood: The Price of our Salvation.

Há indulgências ligadas a devoção do Preciosíssimo Sangue: sete anos e sete quarentenas para cada dia de devoção pública; indulgências plenárias em qualquer dia de Julho ou de 1º a 8 de Agosto, depois de ter assistindo oito vezes a uma função pública nas condições ordinárias; se a devoção for feita privadamente, trezentos dias para cada dia com uma indulgência plenária em 31 de Julho, ou de 1º a 8 de Agosto.

 

Devoção de Agosto

Agosto é o mês dedicado ao Santíssimo Sacramento, e é recomendado o aumento da adoração a Eucaristia. Agosto também é dedicado ao Imaculado Coração de Maria, e em 15 de Agosto, a Igreja celebra a Assunção de Nossa Senhora aos Céus.

 

 

 

 

 

Devoção de Setembro

Setembro é tradicionalmente dedicado as Sete Dores de Maria, visto que a festa de Nossa Senhora das Dores também cai em Setembro. As Dores são: a profecia de Simeão, a fuga para o Egito, a perda do Menino Jesus em Jerusalém por três dias, o encontro com Jesus em seu caminho ao Calvário, ficar aos pés da Cruz, a descida de Jesus da Cruz, e o sepultamento de Cristo.

Indulgências para a devoção a Nossa Senhora das Dores são: trezentos dias por cada dia, e as devoções podem ser realizadas publica ou privadamente; uma plenária em qualquer dia de Setembro ou de 1º a 8 de Outubro dentro das condições normais.

Devoção de Outubro

Outubro é o mês do Rosário, devido ao aniversário da vitória da Batalha de Lepanto e da festa de Nossa Senhora do Rosário em Outubro. A Batalha de Lepanto e a instituição da festa ocorreram no século XVII; no fim do século XVIII, o Papa Leão XIII oficialmente dedicou o mês inteiro de devoção ao Santo Rosário.

*No Brasil, comemora-se também a Festa da Padroeira, Nossa Senhora Aparecida.

 

Devoção de Novembro

O mês de Novembro é dedicado às pobres almas do Purgatório. O Dia de Finados cai em 2 de Novembro, que é quando comemoramos todos os fiéis falecidos. As indulgências ligadas a essa devoção são sete anos e sete quarentenas por cada dia; uma plenária por cada dia do mês dentro das condições normais.

 

 

 

 

Devoção de Dezembro

Dezembro é dedicado ao Advento (a Vinda) de Cristo. Isso refere-se não só a preparação para a celebrar da lembrança do nascimento de Cristo há dois milênios, mas também a preparação espiritual e piedosa para a segunda e definitiva vinda do Senhor.

– Esse artigo contém informações da Catholic Encyclopedia.